Coral de Surdos

Um coral, em especial, não precisa emitir uma nota sequer para tocar o público. É o que faz o coral “Mãos que Cantam e Encantam” da Integra Surdos. O coral “canta” usando apenas as mãos, que são destacadas graças às luvas brancas.

Os integrantes usam a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) de forma sincronizada, acompanhando os movimentos do regente-intérprete.

Ruth Pardo entrou para o coral achando que seria algo temporário, mas não o deixou mais. “É motivador, pois estamos levando nossa paixão a iniciativas de grande alcance, como o Vozes de Natal, mas também a bairros da periferia, onde muitas pessoas jamais tiveram a chance de ouvir ao vivo este tipo de música“. Composto por sopranos, contraltos, tenores e baixos, o coral passa pelo natalino e também pelo popular, incluindo clássicos da MPB no repertório.

Musicalização em LIBRAS

Os alunos do Curso de LIBRAS avançado também participam de avaliação final através de uma apresentação denominada “Musicalização em LIBRAS“, que consiste em interpretar letras de músicas para os surdos da entidade.

A apresentação costuma ser em auditório com a presença dos familiares dos alunos que se apresentam, surdos e alunos ouvintes dos cursos de LIBRAS da Integra.